Cerveja com… Geléia???

Cerveja com... Geléia???


Tem gente que me acha maluco. Talvez eu seja. Por que será que toda vez que eu conto que coloco cerveja para maturar com geléia o povo faz cara de UÉ?
Sim. Geléia. Na segunda leva (HOMBRE, ou A Cerveja que Deu Errado) eu separei 3l e deixei maturando por somente 6 horas com geléia de amora e framboesa.

Comparando com a HOMBRE sem geléia, ela ficou, SURPRESA, bem mais balanceada e harmônica (alcóol, amargor, doce, malte, etc.).

HOMBRE Imperial IPA


Na terceira leva (IPA#3) separei cerca de 6l e deixei maturando por uma semana com as mesmas geléias mantendo a mesma proporção cerveja/geléia usada na HOMBRE. No dia que engarrafei experimentei a IPA#3 com e sem geléia e de novo a que me pareceu mais complexa foi a com geléia, embora um pouco fora do estilo.

A geléia que uso é uma geléia que só tem fruta, não tem nem açúcar nem adoçante, para que ela não influencie muito no teor alcoólico ou no sabor doce da cerveja.

Neste sábado vou lever a IPA#3 com e sem geléia para o concurso interno da Acerva Paulista. Não tenho pretensão nenhuma em ganhar o concurso mas vai ser interessante ver qual das duas tem a melhor avaliação.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: