Inauguração dos post mix

Antes de viajar eu brassei 2 cervejas, uma Strong Amber Ale e uma IIPA. A IIPA foi brassada no dia 7 de setembro e a Strong Ale no dia 23 de setembro.

As receitas foram muito parecidas e ao mesmo tempo diferentes. Usei os mesmos grãos e rampas na mostura para ambas mudando os lúpulos e fermentos.

Receita:
4kg Pale Ale
3.5kg Pilsen
1kg Carahell
250g CaraAroma
Brassagem em infusão simples a 68graus C por 60 minutos com mash out a 77graus C por 5 minutos.
Em ambas consegui uma densidade pré fervura de 1060g/l.
Durante a fervura de ambas adicionei 1kg de açucar mascavo que resultou em uma densidade original de 1080g/l.

Na Strong Ale:
30g Galena a 60 minutos
20g Columbus a 30 minutos
Fermento T-58 fermentado a temperatura ambiente (a geladeira estava ocupada) por 7 dias
Maturação a 3graus C por 4 semanas

Na IIPA
30g Magnum a 60 minutos
25g Columbus a 30 minutos
30g Amarilo a 15 minutos
30g Amarilo dry hopping 6 dias
30g Cascade dry hopping 6 dias
30g Citra dry hopping 6 dias
Fermento S-33 fermentado a 18graus C por 7 dias
Maturação a 3graus C por 7 semanas

A maturação excessiva não foi intensional, mas resultou em cervejas bem límpidas. Chegando de viajem a Strong Ale foi para o post mix enquanto a IIPA recebia o dry hopping. 6 dias depois a IIPA ia para o post mix também.

Strong Ale e IIPA nos post mix

A Strong Ale ficou bem equilibrada com amargor e dulçor leves e um maltado predominante. No entanto com o aumento da temperatura do copo o álcool fica bem mais evidente. Sinal que para a próxima leva devo fermentar a no máximo 18graus nos primeiros 2 dias para evitar esses álcools superiores.

1o copo da Strong Ale

A IIPA também ficou bem equilibrada, corpo, malte, doce, amargo, álcool todos bem equilibrados. O aroma que buscava dos lúpulos não apareceram na intensidade que queria mas estão lá.

No final ficaram duas cervejas perigosas, pois são fáceis de beber mesmo com 8.2% ABV em ambas. Mesmo assim fiquei muito satisfeito com o resultado.

Na próxima brassagem da Strong Ale irei usar o fermento White Labs Strong Ale e temperatura mais baixa nos primeiros 2 dias.
Na IIPA vou buscar uma atenuação um pouco maior, talvez misturando o S-33 e o US05 ou somente o US05, e mais lúpulo de aroma e dry hopping.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: