Resumo do 7o Concurso Nacional das Acervas

Já falei bastante sobre o que aconteceu neste 7o Concurso portanto resolvi escrever um pouco sobre as palestras e cervejas que gostei.

Como já falei na 5a feira as palestras não me interessaram muito no entanto na 6a feira pude aproveitar bastante.

Começou o dia com uma palestra sobre fermentação, dada pelo PhD. Marcelo Cerdan da Fermentis. Ele ressaltou como as nano cervejarias podem agregar valor aos seus produtos através de cervejas diferenciadas (que não estejam diretamente classificadas em algum estilo do BJCP) e/ou de high gravity (alta densidade e alto teor alcóolico). Além disso reforçou a necessidade do manejo correto da fermentação em cervejas high gravity para o maior atenuação e como o uso de nutrientes (nitrogenados) podem auxiliar neste processo.

Na sequência tivemos a palestra do Paulo Schiaveto sobre a importancia da manipulação das proteínas no processo de brassagem e como um mosto limpo contribui para a qualidade da cerveja. NOTA PESSOAL – Preciso fazer a filtração do mosto com mais calma, isso aqui não é uma corrida.

Fechamos a manhã com a palestra do mestre John Palmer sobre como a alcalinidade residual da água pode ajudar ou afetar o resultado da cerveja. Ele descreveu como o pH e a alcalinidade residual podem afetar o resutaldo dependendo da quantidade de grãos torrados na mostura.

A tarde tivemos a palestra da Nicole Erny sobre degustação e avaliação, técnicas de degustação e alguns off flavors. Foi o momento em que todos nos colocamos a beber Bhrama estragada (com diacetyl, vinagre e outro que não me recordo).

E para encerrar o dia, pelo menos para mim, teve a palestra de cerveja e gastronomia com o Ronaldo Rossi da Cervejoteca. Na minha opinião foi uma das melhores palestras do evento todo com muita informação e descontração.

Na 6a feira a noite fomos para a Dama para a festa de confraternização onde o melhor foram as cervejas degustadas que foram levadas por mim, pelo Rodrigo Casarin (parceiro do HopCast!), pelo Fred Ming, mais as que estavam lá sendo servidas (IPA da Cervejaria Nacional, IPA do Lagom, etc.). Tive a Maracugina e Oaked Dr. Piló degustadas pela Nicole, Martin Boan, Roberto Fonseca, John Palmer e recebi elogios e algumas sugestões de todos. No resumo a maioria gostou das cervejas e deu só a sugestão de reduzir um pouco o maracujá e o carvalho na Maracugina e na Dr. Piló espectivamente.

No sábado tivemos o MEGA FESTIVAL com quase 400 pessoas presentes, muito rock’n’roll e muita cerveja boa. Notas positivas para a Pupkin Ale do Alex Mecenas, Morróides e Extreme Rauch do Nunes & Levy, Pale Ale, Oatmeal Stout e Wit com pimenta da Caverna dos Ogros, AIPA do Guilherme deSanti, RIS e AIPA com pimenta do Fred Ming, Mula (AIPA) da Cervejaria Nacional, AIPA do Lagom e mais alguma RIS (acho que foi a Nankin) que me derrubou.

Resumindo o evento como um todo foi 10. Muito bom mesmo.

image

image

image

image

image

image

 image

image

 

2 Responses to Resumo do 7o Concurso Nacional das Acervas

  1. Fabian disse:

    Muito legal! Gostei da perspectiva pessoal do post. Passa melhor as impressões para quem não esteve lá. Abraço!

    • Fabian,
      Obrigado. A idéia é que este blog nunca seja jornalístico e sempre pessoal. Ach que devia colocar um aviso no início do blog tipo: “Todas as opiniões aqui são pessoais minhas e se não gosta não precisa ler”. hehehehehe

      abraço

%d blogueiros gostam disto: