“A very well-brewed beer”.

O que posso dizer? Estou muito feliz com as cervejinhas que fiz para o concurso nacional. As fichas de avaliação chegaram ontem em casa e passei a noite toda admirando-as.

Primeiro ponto: PARABÉNS E OBRIGADO A ORGANIZAÇÃO E AOS JUÍZES. As fichas foram muito bem preenchidas e serão de grande valia para o meu aprendizado cervejeiro. As avaliações foram muito consistentes e bem detalhadas.

Somente uma cerveja que enviei, a I.R.A. (Irish Red Ale) apresentou defeito, mercaptano, as demais estavam sem defeitos mas um pouco fora dos estilos propostos. Segue um resumo das avaliações.

I.R.A. (Irish Red Ale) – 22,5/50 pontos. Muito escura. Pouco caramelo, pouca carbonatação. Presença de mercaptano. Leve torrado com final seco.
Meus comentários: Sabia que era a minha cerveja mais fraca. Já tinha pegado um aroma estranho que achava ser dos maltes torrados mas no final era o mercaptano. Propositalmente fiz com pouco caramelo para reproduzir a Murphy’s e Kilkeny’s Irish Red. No final os juízes buscavm um pouco mais de caramelo do que eu imaginei.

Dr. Piló (Russian Imperial Stout) – 27/50 pontos. Sem defeitos, bom equilíbrio. Leve torrado, corpo médio. Boa carbonatação e formação de espuma. Faltou intensidade aos sabores e aromas e faltou complexidade para o estilo.
Meus comentários: Desde o momento que a fiz sabia que era uma cerveja nos limites inferiores do estilo e que isso poderia compromete-la. Mas sempre acreditei no equilíbro dos aromas e sabores como sendo seu ponto forte. Quando for refaze-la vou aumentar a intensidade dos maltes base, de corpo e torrados.

AIPA (American IPA) – 31/50 pontos. Pouca presença de lúpulo tanto no aroma como no sabor. Pouca carbonatação. Muito escura e muito maltado para o estilo. Aroma de uvas.
Meus comentários: De todas as cervejas foi a que mais teve diferença entre as engarrafadas e a condicionada no post mix. Nas engarrafadas a pouca carbonatação fez o maltado aparecer mais comprometendo a percepção do lúpulo. No post mix com a carbonatação adequada o lúpulo era a estrela. De qualquer forma ainda não estou contente com a minha receita de American IPA. Quando for fazer este estilo de novo vou reduzir a temperatura de mostura e os maltes cristal e vou aumentar o lúpulo de aroma e sabor. No dry hopping acho que cheguei no ponto certo.

Maracugina (Estilo livre) – 35/50 pontos. Bom equilíbrio para alguns juízes, com maracujá muito evidente para outros, wit base quase não aparece. Wit base bem feita mas com muito coentro para alguns juízes. Sem defeitos. Leve adstringência.
Meus comentários: Na verdada a maracugina sempre foi um suco de maracujá com cerveja e não uma cerveja com maracujá. Acredito que para competições o ideal seja reduzir a adição de fruta para que ela seja coadjuvante a cerveja. Para o consumo geral vou continuar a faze-la exatamente do mesmo jeito hehehehehe.

Tanto a I.R.A. como a IPA tiveram boas notas de aparência por estarem cristalinas. A gelatina valeu a pena.

Mas o que me deixou MUITO feliz foi ler que a Maracugina foi avaliada por ninguém menos que O JOHN PALMER, o papa, o cara. E que na ficha de avaliação dele, apesar do maracujá sobrepor o estilo base (wit) ele considerou a minha cervejinha “a very well-brewed beer”.

Outras figuras do meio cervejeiro que avaliaram minhas cervejas foram o Ronaldo Rossi da Cervejoteca (Maracugina), Paulo Patrus da Grimor (Dr. Piló) e Marco Falcone da Falke Bier (AIPA).

4 Responses to “A very well-brewed beer”.

  1. Alexandre disse:

    Parabéns pelas avaliações ! Realmente um elogio do John Palmer serve com um prêmio! Dá ainda mais vontade de fazer a próxima brasssagem !!

    Sobre a utilização de gelatina para clarificação estou com muita vontade de usar, mas li em algum lugar que ao usar a gelatina teria que colocar novo fermento com priming nas garrafas. Você saberia dizer se isso procede ?

  2. Gabriel (Trovão) disse:

    Parabéns também! Realmente, elogio do John Palmer é para poucos. Único problema do post aí é que fiquei com uma p*ta vontade de experimentar a Maracugina, haha

    • Realmente, receber um elogio do Palmer foi bom pacas.
      E já tem tanta gente pedindo Maracugina que vou precisar fazer ela com uma frequência bem maior do que planejava.

      abraço

%d blogueiros gostam disto: